Notícia

Notícias da CDL

Sem Sair de Casa: web auxilia na busca por emprego

Categoria:

Fonte: A Tarde, por Alan Tiago Alves.

A primeira experiência no mercado de trabalho veio aos 16 anos para a estudante de letras Jaqueline Pereira, 23, quando ainda cursava o ensino médio. Por indicação de uma tia, ela se inscreveu em uma empresa que oferece serviços de intermediação de mão de obra via internet e não demorou muito para ser contratada. Um dia depois de fazer a entrevista, já assumia a função de auxiliar administrativa em uma faculdade particular de Salvador. Assim como Jaqueline, muitas pessoas recorrem à web na busca por uma vaga no mercado e encontram nas empresas de recrutamento e seleção uma oportunidade para dar o primeiro passo, sem sequer precisar sair de casa.

Segundo a gerente de estágio do Instituto Euvaldo Lodi (IEL/BA) – uma das empresas que realizam a intermediação entre as instituições de ensino e o mercado de trabalho -, Edineide Lima, mais de 400 mil estudantes baianos estão cadastrados e cerca de 180 mil já tiveram oportunidades de estágio. “A proposta é facilitar a vida do estudante, que busca uma vaga no mercado de trabalho, e também a vida das empresas que estão atrás desses estudantes, garantindo os direitos de ambos”, pontua.

Além do IEL, o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) também oferece serviços de intermediação entre instituições de ensino e mercado de trabalho, através do recrutamento e seleção de estagiários na capital baiana e no interior do Estado. As empresas que oferecem tanto vagas de estágio quanto de empregos são várias e entre as principais estão Anima Recursos Humanos (que está localizada em Lauro de Freitas e Alagoinhas e atende toda região metropolitana de Salvador e interior da Bahia), Soul RH Consultoria em Desenvolvimento Humano (com sede em Salvador), CathoCide (que possui filiais em Aracaju-SE, Feira de Santana, Itabuna e Salvador).

De acordo com o gerente regional do CIEE, Alessandro Salvatore, somente na capital baiana, mais de 120 mil jovens, incluindo estudantes de ensino médio, técnico e superior, estão cadastrados na empresa à espera de uma oportunidade de estágio. Ao todo, 28.505 empresas e 23.971 escolas são conveniadas. Mensalmente, em média, segundo Salvatore, mais de 1200 alunos conseguem uma vaga no mercado de trabalho.

Na Catho, conforme informações do site da empresa, o número de currículos cadastrados de candidatos a uma vaga de emprego, com ou sem formação superior que possuem experiência, chega a 306.787, já o de estagiários soma 39.444. Somente nos últimos 30 dias, mais de 13.800 pessoas, entre profissionais e estudantes, foram contratadas.

Os candidatos a uma vaga de emprego ou estágio podem fazer o cadastro por meio da internet, no site das empresas. Pela Catho, os interessados devem assinar a Catho online e escolher um plano e uma forma de pagamento. A empresa, entretanto, possibilita que os clientes utilizem os serviços de forma gratuita por um período de sete dias. Durante esse tempo, é possível enviar o currículo para qualquer vaga de emprego de seu interesse e assim participar de processos seletivos. Caso não haja interesse em permanecer como assinante após o período gratuito, a assinatura pode ser cancelada por meio da “Área de Assinantes”, com o login e senha, até o 7º dia corrido da promoção, e não será cobrada nenhuma tarifa. O candidato pode participar da promoção apenas uma vez.

No IEL, os candidatos a uma vaga de estágio devem clicar na opção “Estudante“, na home page. Os que já tiverem cadastro, podem acessar sua página utilizando o número do CPF e senha. Os demais devem preencher o formulário de inscrição. O candidato precisa ter em mãos identidade, CPF, carteira de trabalho, número de telefone e endereço e informar qual o posto do IEL deseja se cadastrar e a área de interesse. O mesmo procedimento, que é gratuito, deve ser feito no site das demais empresas.

Além disso, é importante que os dados disponibilizados sejam sempre atualizados, o que aumenta as chances de uma possível seleção. “Após se cadastrar, o candidato passa a fazer parte de um banco de dados e recebe um login e uma senha, com os quais pode acompanhar o seu cadastro e visualizar as vagas disponíveis”, explica o gerente regional do CIEE.

De acordo com as necessidades das instituições conveniadas, as empresas de intermediação escolhem, dentre os candidatos cadastrados no banco de dados, o perfil mais adequando. Após a seleção dos currículos, os candidatos são convidados a realizar testes específicos, dinâmicas de grupo e/ou entrevistas técnicas, a depender da exigência de cada empresa. “Em casos de muita urgência, há o encaminhamento direto e o candidato, ao invés de passar por um processo de seleção na instituição intermediadora, já vai direto para a empresa”, explica Salvatore. A Catho, por exemplo, não realiza processo seletivo, sendo responsável apenas pela intermediação entre o candidato à vaga e a empresa, que realiza sua própria seleção.

Na Anima Recursos Humanos, que conta com 658 organizações contratantes conveniadas e 32.543 candidatos a estágios e emprego cadastrados, o prazo para convocação dos selecionados varia de oito a quinze dias, conforme o perfil da vaga disponibilizada. A empresa também oferece cursos para capacitação e dicas para entrevista a estudantes e profissionais, além de palestras e seminários, serviço que também é disponibilizado pelas demais organizações intermediadoras. Na Catho, os assinantes têm a disposição mais de 50 cursos online, sem nenhum custo adicional.

“A gente ajuda as empresas a identificar onde alocar os estudantes e, a partir do momento em que  ele é selecionado e contratado, começamos a etapa de acompanhamento, verificando, entre outros quesitos, a frequência escolar, o cumprimento dos acordos firmados no Termo de Compromisso com as empresas e se esses estudantes necessitam de uma complementação”, pontua a gerente de estágio do IEL, ressaltando que cerca de 50 mil cadastrados já passaram por minicursos e oficinas.

Para ela, as empresas de recrutamento prestam um serviço de qualidade, sobretudo aos jovens que buscam a primeira experiência no mercado por meio do estágio. “A experiência do estágio é indispensável. Isso significa para o estudante a oportunidade de buscar a atividade que ele realmente se identifica. E essas empresas facilitam no sentido de testar as aptidões. Sendo assim, o indivíduo tem mais chances de se tornar um grande profissional”, analisa.

Facebook – No último dia 14 de novembro, o Facebook também decidiu dar um forcinha para quem busca um emprego. A rede social lançou a ferramenta chamada Social Jobs App, um aplicativo para oferta e busca por vagas de emprego, possibilitando a conexão entre empregadores e candidatos. Ao todo, a ferramenta conta com mais de 1,9 milhão de ofertas de emprego. Os interessados podem procurar vagas de acordo com seu interesse, localização ou aptidões.

O projeto do  Social Jobs App começou há um ano. Para isso, a rede juntou, em um único aplicativo, a base de vagas de empresas que oferecem serviços de RH, como BranchOut, DirectEmployers, Work4Labs, Jobvite e Monster.com, além de contar com a parceria de diversos órgãos ligados ao setor empregatício dos Estados Unidos.

Arquivos:
Todos
Filtrar por categoria:

A CDL Salvador ajuda você!

                       

Nossas Soluções

Clique aqui

Seja um associado
CDL SALVADOR

Clique aqui
Cadastre-se e receba novidades